Sem lentidão , sem instabilidade, tecnologia Gpon veio pra ficar

A lentidão da internet é uma das principais reclamações dos internautas. Durante o mês de janeiro, a Anatel registrou uma redução de reclamações de usuários contra prestadoras dos serviços de banda larga fixa, de telefonia móvel, de telefonia fixa e de TV por assinatura, em relação ao mesmo período do ano passado. De acordo com a Agência, a telefonia móvel a banda larga fixa registrou queda de 15%. Mesmo com essa redução, as reclamações ainda são maiores do que dezembro de 2017.

Na banda larga fixa, qualidade e funcionamento foram os principais motivos de queixas dos usuários (45,98%). Esses dados mostram que os consumidores buscam cada vez mais maior capacidade de transmissão de dados, velocidades mais altas. Operadoras e provedores têm que se preparar para oferecer novas redes capazes de fornecer maior largura de banda, com melhor qualidade, maior velocidade e mais flexibilidade.

“Cada vez mais, empresas e consumidores procuram por provedores de internet que permitam o uso de uma ferramenta robusta, segura, de alta velocidade e que garanta segurança, alto desempenho e confiabilidade”, comenta Bruno Diniz – CEO da Via Networks, principal parceiro da Telefônica| Vivo em Minas Gerais.

Ainda segundo ele, neste caso, a fibra óptica passa a ser a melhor solução. Ele explica que é tendência de mercado a tecnologia denominada Gpon (Gigabit passive optical network), que permite uma maior transmissão e recebimento de dados através de uma única fibra.
Segundo Diniz, a nova tecnologia oferece diversos benefícios tanto para as empresas quanto para os consumidores como economia de espaço nos ambientes que necessitam de redes e equipamentos; economia de energia, já que os únicos equipamentos ligados à rede elétrica são os da ponta de rede; imunidade à oxidação e interferência eletromagnética, ideal para instalações próximas a redes elétricas ou em locais com altos índices de descargas atmosféricas; longo alcance de até 20km, dispensando o uso de equipamentos elétricos, amplificadores ou repetidores de sinal, dentre outros.
“A internet chega a cada vez mais pessoas, oferecendo um volume igualmente maior de dados. Se há dez anos baixar um vídeo de poucos minutos levava horas, atualmente conseguimos usar redes sem fio com alta velocidade para a tarefa”, salienta Diniz.
A tecnologia Gpon já existe há anos pelo mundo e apenas há cinco anos começou a ser implantada comercialmente no Brasil. A Via Networks está trabalhando na adaptação de todas as plataformas da Vivo em Belo Horizonte e levando a tecnologia para o interior de Minas. Para isso, conta com 200 equipes preparadas para atender essa demanda. “A fibra tem chegado também nas periferias das grandes cidades. A maior participação das operadoras nessa estatística é um indicativo claro de que as melhores tecnologias estão chegando a locais de acesso mais difícil e onde a internet historicamente carece de qualidade”, destaca Diniz.

Share this Post