Impulsionar

Muito além do botão “Impulsionar publicação”

Essa funcionalidade do Facebook você provavelmente conhece ou, pelo menos, já ouviu falar. O que você talvez não saiba é que as formas de atingir seu público-alvo vão muito além do botão “impulsionar publicação”.

 

Quando falamos em “publicação impulsionada”, estamos falando daquele post que você publica na linha do tempo da página da sua empresa e que, depois, você paga um valor para que o Facebook faça sua publicação chegar a mais pessoas e, consequentemente, conseguir mais curtidas, comentários e compartilhamentos.

 

Ótimo! Porém, ao pensar estrategicamente, nem sempre curtidas, comentários e compartilhamentos são os resultados que você espera para a sua empresa. Por exemplo, você pode querer criar uma campanha para captação de leads ou até mesmo conseguir curtidas na página (e não na publicação). É possível fazer isso? Claro!

 

Quando você for investir no Facebook, a primeira coisa que precisa pensar é: qual é o meu objetivo? E é só a partir disso que você vai escolher qual funcionalidade do Facebook se adequa a sua estratégia de investimento.

 

Separamos 8 funcionalidades do Facebook que talvez você não conheça e que podem ser muito úteis para seu negócio:

  • Envolvimento com a publicação: esse é o objetivo mais conhecido, o famoso “impulsionar publicação”. Use-o se seu objetivo for para que as pessoas se envolvam com uma publicação específica, e ganhe curtidas, comentários e/ou compartilhamentos.
  • Curtidas na página: você deve usar esse objetivo quando quiser aumentar o número de pessoas que curtem a sua página.
  • Divulgação nas imediações: se você tem um negócio local, como uma padaria, por exemplo, esse pode ser um objetivo bastante estratégico. Como o próprio nome diz, você pode utilizá-lo para divulgar sua empresa nas redondezas de onde ela se localiza.
  • Alcance: diferente do objetivo “envolvimento com a publicação”, optando por uma campanha de alcance, o Facebook irá mostrar sua campanha para o máximo de pessoas possíveis, o que não necessariamente significa que serão pessoas propensas a curtir, comentar ou compartilhar.
  • Cliques no site: esse é um objetivo bastante útil para quem usa a rede social para gerar tráfego para o site. O Facebook mostrará seu anúncio a pessoas que têm bastante chance de clicarem e serem levadas para seu site. Ótima opção para landing pages, por exemplo.
  • Participações no evento: criou um evento no Facebook? Saiba que você pode anuncia-lo e fazer com que mais pessoas vejam e respondam a ele!
  • Visualizações de vídeo: se você quer que mais pessoas visualizem seu vídeo, esse objetivo deve ser usado. Quando você faz uma campanha de vídeo, o Facebook automaticamente “cria” um público de pessoas que assistiram o seu vídeo e, posteriormente, você pode utilizar esse público para fazer uma nova campanha. Se pensado estrategicamente, esse objetivo pode ser bastante explorado!
  • Geração de cadastro: um lead é algo extremamente valioso para uma estratégia de vendas. E é isso que esse objetivo de campanha faz! Você consegue criar um formulário no qual as pessoas deixam seus dados (e-mail, nome, telefone, etc) e, claro, normalmente em troca de tais informações você oferece algo a quem as entrega.

 

Vale lembrar que, exceto o objetivo “envolvimento com a publicação”, todos os outros se referem a anúncios da sua marca que não aparecerão na linha do tempo da Fan Page. Nesses casos, o processo é o seguinte: você escolhe seu objetivo, faz a segmentação do público e seu anúncio irá aparecer no feed de notícias das pessoas que fazem parte desse público.

 

Gostou? Compartilhe nas suas redes sociais clicando nos ícones abaixo e se quiser saber mais sobre gerenciamento de redes sociais entre em contato!

Share this Post